Área de Assinantes
Pesquisa:
Assine o jornal centenário Notícias dos Arcos
RSS
Secções
Edição de 25-11-2021
Última Hora

29-06-2021 10:38
Cratera provocada por aluimento de terras obriga a trabalhos de “grande monta”

Uma derrocada em área de campos agrícolas, a poucas dezenas de metros de habitações e da ‘Casa do Castelo’, no lugar de Igreja (freguesia de Sistelo), abriu uma cratera com acentuada profundidade e extensão no passado domingo. Por precaução, foram retiradas de suas casas 31 pessoas (25 residentes e seis turistas), que obtiveram autorização para regressar na segunda-feira, depois das inspeções realizadas por um técnico da Universidade do Minho.
As investigações preliminares fazem admitir que o aluimento de terras foi provocado por "uma acumulação de água”, com saturação do solo. Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, a cratera tem “10 a 15 m de largura, um desnível de 5 a 6 m de profundidade e uma extensão de 80 a 100 m”. Para estabilizar a zona afetada, num socalco com declive muito pronunciado, vão ser realizados trabalhos de sustentabilidade de “grande monta” no sentido de evitar novos aluimentos quando chegar o inverno.
O alerta para a derrocada foi dado pela população à hora do jogo da seleção de Portugal com a Bélgica. “As pessoas estavam em casa a ver o futebol e começaram a ouvir barulho. Uns dizem que ‘parecia um comboio a passar’, outros que ‘parecia um avião’. Houve quem dissesse que viu ‘as árvores e a vegetação a serem engolidas’ durante o desabamento”, relata Filipe Guimarães.


(C) 2007 Notícias dos Arcos | Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.