Área de Assinantes
Pesquisa:
Assine o jornal centenário Notícias dos Arcos
RSS
Secções
Edição de 23-06-2022

Arquivo: Edição de 08-11-2012

Concelho

Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez
E terminaram as CAMINHADAS EM GRUPO…..

CONCELHO
A Caixa sem dinheiro...

CONCELHO
Explicação

CONCELHO
ACIAB produz 20 Vídeos Promocionais de Empresas Associadas

CONCELHO
VezFuturo dinamiza Dia do Idoso no Centro Social e Paroquial do Vale

CONCELHO
VezFuturo dinamiza sessões de Técnicas de Procura de Emprego

CONCELHO
É tempo de apanhar cogumelos…

CONCELHO
É tempo de apanhar cogumelos…

Reorganização dos Centros de Emprego não implica deslocalização
Centro de Emprego do Alto Minho agrupa centros de emprego de Arcos de Valdevez e Valença

Orçamento do Estado 2013
Soajo e Gavieira são as freguesias do concelho que mais dinheiro vão receber de transferências do Estado
Armando Fernandes de Brito Os montantes a transferir para as freguesias, provenientes do Orçamento do Estado 2013, não sofrem grandes flutuações em relação a anos anteriores. No que diz respeito ao concelho de Arcos de Valdevez, a maior fatia do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF) destina-se a Soajo (€ 50 411,00), Gavieira (€ 44 727,00) e Gondoriz (€ 40 963,00). Já as freguesias de Mei, Padreiro (Santa Cristina), Rio Cabrão e Santar, com, sensivelmente, 14 500 euros (cada uma delas), são as que menos vão receber de transferências do Estado. O apuramento destes montantes decorre da participação das respetivas freguesias nos impostos do Estado.

CONCELHO
Porta do Mezio recebeu a 23.ª Exposição Monográfica do Cão de Castro Laboreiro

CONCELHO
ARDAL marcou presença no 32º Festival Nacional de Gastronomia de Santarém
Em mais uma iniciativa conjunta, o Município Arcuense e a ARDAL, promoveram os produtos tradicionais, associados à “Marca Terras do Vez – Sabores e Tradições”, no 32º Festival Nacional de Gastronomia de Santarém.

Unidade Técnica revoluciona mapa administrativo do concelho
Das atuais 51 freguesias, só 23 permanecem intocáveis. Doze uniões vão agrupar 28 freguesias
Armando Fernandes de Brito O projeto de Reorganização Administrativa Territorial Autárquica (RATA) gerou, desde a sua génese, muita controvérsia e forte oposição por parte da associação que representa os autarcas de freguesia, a ANAFRE. Sem pronunciamento da maioria das assembleias municipais do território continental, o processo foi endossado, desde logo, a uma Unidade Técnica (UT), que tinha sobre ela a incumbência de “extinguir, pelo menos, mil freguesias.” No total, vão ser “cortadas”, ao que tudo indica, 1165 freguesias, um “pacote” que não traz grandes surpresas.

(C) 2007 Notícias dos Arcos | Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.